ESPECIALISTAS | SAÚDE

Jamais entretenha a negatividade - Dr. Otávio Mangili




Dr. Otávio Mangili

Para quem ainda não me conhece, moro em Maringá, no interior do Paraná. Estamos vivendo por aqui dias de muita tensão e medo, porque a pandemia de COVID-19 está tomando proporções alarmantes em nosso meio. Como médico que está diariamente em hospitais e, principalmente, em UTIs tenho visto um aumento no número de casos e, confesso, isso tem me deixado bastante preocupado. E vou confessar mais uma coisa, acabei inundando meus contatos com notícias ruins e preocupantes. Acontece que um amigo me mandou uma mensagem de alerta, pedindo que fosse mais positivo com os demais e parasse um pouco de dar somente notícias ruins e assustadoras.

Fui salvo neste momento de um sequestro emocional. Sim, estava sequestrado no medo e mergulhado na negatividade. Maharishi Maheshi Yogi, fundador do movimento que espalhou a Meditação Transcendental por todo o Ocidente, nos alertou que não devemos entreter a negatividade. O que significa isso? É mais ou menos assim, ao invés de focarmos nos problemas, pensemos nas soluções. As soluções nunca estarão no mesmo nível de consciência que os problemas. Elas precisam estar um nível acima, por definição. Quando solução e problema estão no mesmo nível, não existe problema! Ele se desfaz em si mesmo.

Estamos diante de um problema grave, de solução complexa, mas que a humanidade vai superar. Está sendo um período de grande sofrimento, seja porque tememos pela nossa saúde e de nossos amigos e parentes, ou porque nosso projetos profissionais estão em risco. Mas haverá solução, ou soluções, e devemos nos focar nelas neste momento. Não é fingir que o problema não existe, isso chama-se alienação.

Trata-se de uma proposta de darmos as mãos, como cidadãos. Deixarmos de lado qualquer ideologia que nos divide e focarmos no que nos une, que é o sofrimento por uma pandemia que insiste em roubar nossa Esperança. É hora de nos comportarmos de forma responsável, colocarmos o Nós acima do Eu. É imperativo que mantenhamos um comportamento responsável para evitar mais sofrimento para as pessoas que nos cercam e para a humanidade como um todo. É tempo de arregaçarmos as mãos, acima de nossos medos individuais, e perguntarmos o que podemos fazer em prol da coletividade.

Começa por cuidar de nosso lar, de nossa família. Manter um ambiente positivo em casa, a harmonia do lar. Manter dentro de casa a fé e a esperança. A partir daí, respeitar as recomendações das autoridades sanitárias, que foram feitas para todos, inclusive para nós (sim, por mais que às vezes nos esquecemos disso, a autoridade é para todos...). Mais além, precisamos pensar no sofrimento daqueles que podem menos e estender-lhes a mão. Sempre tivemos problemas sociais, mas neste momento eles estão se agravando rapidamente.

Enfim, escrevo para sugerir a todos e a mim mesmo que possamos manter um comportamento voltado para as soluções. Se focarmos nas soluções acima do medo e do desespero, elas naturalmente aparecerão. É hora de encarar o problema com fé!

www.otaviomangili.com.br

Dr. Otávio Celeste Mangili - CRM: 19284-PR / RQE: 14354
Possui graduação em Medicina pela Universidade Estadual de Londrina (2001). Residência Médica nas especialidades de Clínica Médica pela Universidade Estadual de Londrina (2002-2004) e Cardiologia pelo Instituto do Coração da Faculdade de Medicina da USP (2004-2006). Foi médico pesquisador da Unidade Clínica de Dislipidemia do Instituto do Coração (InCor/HCFMUSP) (2006-2012). Doutor em Ciências pela Faculdade de Medicina da USP, programa Cardiologia no ano de 2012. Médico Pesquisador do Parana Medical Research Center.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



ESPECIALISTAS  |  29/06/2020 - 12h





ESPECIALISTAS  |  22/06/2020 - 10h


ESPECIALISTAS  |  08/06/2020 - 15h