ESPECIALISTAS | SAÚDE

Dormir mal pode ser risco para seu coração? - Dr. Otávio Mangili




Dr. Otávio Mangili

Hoje vamos falar de qualidade de sono e risco de aterosclerose, doença que leva à obstrução das artérias e que pode estar associada a infarto ou AVC. Foi publicado no Journal of American College of Cardiology em janeiro de 2019 estudo que avaliou em mais de 3 mil pessoas a associação entre a qualidade de sono e o risco de aterosclerose (Association of Sleep Duration and Quality With Subclinical Atherosclerosis. JACC. Volume 73, Issue 2, January 2019). Neste estudo, indivíduos que dormiam menos que 6 horas por noite tinham um risco 27% maior de apresentar placas de aterosclerose nas artérias. Mas, além da quantidade de horas, a maior fragmentação do sono esteve relacionada com risco 34% maior desta doença.

Dormir bem é muito importante.  Consideramos uma boa qualidade de sono como remédio para o corpo e também para a mente. Existem estratégias para melhorar a qualidade do sono. Confira algumas delas:

1- Limite atividades na cama. Reserve-a para dormir (sem telefones, laptops ou TV).

2- Levante-se no mesmo horário todas as manhãs, mesmo nos fins de semana.

3- Vá  para a cama somente quando estiver com sono.

4- Se você não tiver caído no sono em pouco tempo, saia da cama e faça algo relaxante em outros lugares com pouca luz. Volte para a cama somente quando estiver com sono.

5- Não fique olhando  para o relógio. Evite pensar no tempo de sono que está perdendo e quanto isso fará falta no dia seguinte.

6- Evite cochilos durante o dia.

7- Evite cafeína após o meio dia (lembre-se que além do café, chás, chocolate e refrigerantes são ricos em cafeína).

8- Evite nicotina, álcool ou refeições pesados dentro de 2 a 3 horas antes de dormir. Pode parecer que o álcool melhore o sono, mas ele diminui o sono profundo e facilita despertares durante a noite, resultando em menor eficiência do sono.

9- Consistentemente empregue um relaxante ritual de dormir. Evite discutir problemas ou manter a mente ocupada próximo à hora de dormir.

10- Faça exercícios durante o dia para que você esteja mais cansado à noite. Evite porém a atividade física muito tarde, próximo à hora de dormir, porque pode atrapalhar ao invés de ajudar.

11- Obtenha exposição à luz durante o dia.

12- Verifique se o seu quarto é escuro, silencioso, e mantenha a temperatura confortável. Use tampões de ouvido ou olho máscara, se necessário.

www.otaviomangili.com.br

Dr. Otávio Celeste Mangili - CRM: 19284-PR / RQE: 14354 
Possui graduação em Medicina pela Universidade Estadual de Londrina (2001). Residência Médica nas especialidades de Clínica Médica pela Universidade Estadual de Londrina (2002-2004) e Cardiologia pelo Instituto do Coração da Faculdade de Medicina da USP (2004-2006). Foi médico pesquisador da Unidade Clínica de Dislipidemia do Instituto do Coração (InCor/HCFMUSP) (2006-2012). Doutor em Ciências pela Faculdade de Medicina da USP, programa Cardiologia no ano de 2012. Médico Pesquisador do Parana Medical Research Center.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



ESPECIALISTAS  |  22/09/2020 - 11h





ESPECIALISTAS  |  21/09/2020 - 17h


ESPECIALISTAS  |  14/09/2020 - 15h